Posts
My first M&G (in portuguese)

Resumo do meu primeiro M&G e de como foi esse dia: Só curto essa certa banda que se chama Linkin Park  em torno de 14 anos. E já fui em alguns shows, como no SWU em 2010, no Anhembi em 2012 e em Belo Horizonte em 2014, infelizmente não pude ir no de 2004, onde foi um shop épico, pois era ainda pivetão e sem dinheiro. E, assim que em meados de novembro foi confirmado o show do LP no evento do Maximus Festival, já foi um grande grande motivo de felicidade.. já coloquei certeza que seria mais um show que eu ia. Porém também confirmado o evento em Buenos Aires.. e alguns amigos (não vou ficar marcando o pessoal, pois cada um sabe quem é quem, e quem fez parte disso) já tiveram a ideia de ir também. E entrei nessa, mesmo sabendo que ia operar próximo a data do show. Enfim, fui fechando a passagem aérea, comprando o ingresso do show, fechando o hotel. E do nada chegou o dia para viajar. (Na boa.. a Argentina é sensacional e o pessoal lá é muito educado e, quando eu falava: "no hablo español" eles tentavam ajudar com inglês e portunhol, pessoal lá muito gente boa). Voltando ao foco "Linkin Park", um dia antes do show, recebo a notícia que eu poderia tentar entrar no Meet & Greet (mesmo sem ser sorteado), ai já fui a mil.. e no dia do show.. lembrei que não tinha trazido nada para os caras autografarem, ai lembrei de uma loja de música próximo ao hotel.. fui lá procurar um cd.. e acabei gastando um pouco mais (muito mais) nesse LP (vulgo Disco/Vinil). E comprei já com a certeza que naquele dia ele ia ser autografado. E aí, partiu show. Chegando lá, meu amigo que foi sorteado para o M&G recebe o email informando o local de encontro e horário. Umas duas horas antes do combinado, já estava tenso (se conseguiria ou não entrar).. quando foi chegando próximo do horário combinado, já fomos lá no local se reunir.. ai já nem sabia se tremia de nervoso ou de frio, mas eu estava tenso demais. Ai o pessoal encarregado do encontro chegou e pediu para fazer uma fila.. e eles iam conferir os dados.. ai essa era a hora da verdade...quando chegou em mim, falei inglês, espanhol, português e se bobear latim... Na hora que falaram ok e me deram esse Laminate (vulgo Crachá) que era a certeza que eu era um dos que entraria para conhecer a banda.. Chorei, chorei chorei e chorei que nem criança (só de escrever isso, meus olhos ia enchem de lágrimas/suor masculino) pois lá era a realização de um sonho, conhecer minha banda favorita, conhecer as pessoas que formam essa banda, onde marcou minha vida. Na fila até uma menina Argentina ficou preocupada comigo e pedia para ter calma, mas eu chorava de felicidade, só queria avisar a minha família que guardei a surpresa nesses dois dias até ter a certeza, nisso lembro de mandar um áudio soluçando para a minha irmã.. mas depois não conseguia falar mais nada, aí a realidade foi vindo, a felicidade, ansiedade, tudo foi superando meu choro (barbudos choram também). Enfim entramos no local onde teria o encontro, lá temos que seguir algumas regras, como: não usar o celular (mas dei um jeitinho brasileiro na terra dos Hermanos), puxar os caras, e ser direto, pois eles tem um tempo para cumprir. Daí, estava com dois amigos brasileiros lá.. inclusive minha amiga estava com uma bandeira do Brasil com a foto dos caras ( e a dela também haha, e umas fotos de caipirinhas, coisa que eles amam) isso já atraiu a atenção para nós, várias fotos. Nisso entrou o Joe.. e eu: pqp pqp é o Joe (acho que ele também fez redução de estômago, tá fininho). Simpático demais, falou com todos, assinou a capa do meu LP, deu bastante risada da bandeira da minha amiga, depois veio o Phoenix.. gente boa demais.. falei que éramos do Brasil, ele já falou da caipirinha, e tentei fazer ele falar: “Palmeiras não tem mundial” mas sem sucesso rs. Daí aparece o Chester.. pqp que homão da porra (o cara é estiloso demais). Daí ele soltou um “I'm holding on. Why is everything so heavy” a pedido de um hermano.. e eu PQP PQP.. e a lente de contato irritou e saiu umas lágrimas. E ao meu lado estava uma mãe e seu filho, onde o menino escuta LP desde que nasceu, Chester ficou irado.. ai chegou em mim: Hi, How are you? (Ele perguntou como eu estava.. pqp.. e ele me viu chorando) disse que éramos do Brasil novamente e que estava ansioso pelo show desse dia e do da semana que vem e… e… ele me abraçou (ele não faz isso com todos). Sim, aquela blusa branca do show da Argentina, estava com as minhas digitais. Depois veio o Rob… chegou em mim.. agradeceu por eu e meus amigos terem viajado de longe para ver eles. Após isso, vem o Mike que conversou comigo, autografou o disco, e eu pedi para ele desenhar algo em mim para eu tatuar (preciso praticar mais meu inglês) e ele falou onde.. eu disse para ele escolher.. ai viu meus braços e escolheu o pulso do braço esquerdo. E ele desenhou aquela carinha estranha daora com um LP dentro, aí pedi para ele por o M.S. (Mike Shinoda) e PQP, ficou daora.. e eu acabei falando Mike I Love you pqp.. na correria pois eles estavam quase em cima da hora do início do show, ele fez o desenho e ainda me abraçou também (agora posso usar a cantada: gata, Mike e Chester já me abraçaram.. só falta você, sua linda). E ainda falou para eu tirar uma foto, pois podia borrar ( já tirei várias fotos e fiz o decalque, amanhã já vira tatuagem). E falei para ele que no show daqui eu mostro pra ele como ficou. E depois veio o Brad (que PUTA QUE PARIU, TOCOU MUITO NESSE SHOW), ele estava usando uma bota no pé.. devia ter torcido, agradeceu também por ter viajado até lá.. ele estava feliz (tinha gente falando que ele estava sobrando na banda, coitados desses que falam isso). Enfim, infelizmente não teve a foto com todos da banda e os sorteados, pois estava em cima da hora mesmo.. porém saí feliz, realizei um sonho. Após isso teve o show deles.. e PQP arrebentaram, melhor show que fui, pena que vi de longe, por causa do horário que saímos do encontro. E no show, várias vezes olhava meu braço para ver: vou tatuar um desenho que o Mike fez. Às vezes parecia ser um sonho, pois não contava com isso, planejei viagem, hospedagem, faltar no trabalho rs, mas conhecer com os caras da minha banda favorita não. Por isso, esse dia, 07-05-2017 ficará registrado em minha vida, e esses itens da foto, e mais a futura tattoo, vão fazer me lembrar desse dia, e que dia.